terça-feira, 12 de dezembro de 2006


Moro em uma cidade, onde fui chamado para apresentar o príncipe da Inglaterra.
Quero escrever para contar como foi a nossa 1º viagem, em uma escola e vazia pela noite;
Mas não posso ter certeza, poderia estar sonhando ou delirando, mas sei que ele não fuma o mesmo cigarro que eu;
Você esta bonita com um vestido de damascos com cores quentes e sexy, que me da vontade de transar, então eu gritei:
- Cala a boca sua cadela. Fiz como você queria, que eu fosse um machão.
Estou a beira de um fogão, vou acender outro cigarro, e este é para a vida toda, pois sou a ovelha negra da família!

4 comentários:

Mariana disse...

Mas esse é meu garoto....

só me dá orgulho..
quero ver isso cm meelodia hein???


massa..

vc vai longe viu??
tem futuro..
e eu to torcendo mto por vc
=)

tete disse...

viiiiiiiiiiih... EU AMEI!

amei meeeeeeeeeesmo!
MUITO BOM

(L)

palylah disse...

vih,meu poeta louco!
paula disse: q poema sexy,neah.
vih: "eh um poema d rebeldia".
eh um doce rebelde esse piah.

amo vc meu mestre!

<3

angélica disse...

aahn eu gostei ;)
parecem musicas , já disse
kasfhdlçsdlçkhsk lindas
^^
beijo viktor :*:


O pensamento é o ensaio da ação

Seguidores


Somente pela negação da vontade, pela castidade, a pobreza, o amor e o jejum, pode-se atingir a sabedoria.
Ocorreu um erro neste gadget