terça-feira, 24 de março de 2009


Em boa parte dos pais hoje no Brasil, quer colocar seus filhos o quanto antes em um banco escolar no caminho da alfabetização e quem sabe de um futuro promissor. Esta pressão inicia tão cedo, que quando as crianças viram adolescentes, e estão para prestar vestibular, é tempo de tensão na família. O adolescente fica nervoso, abre mão de varias atividades as quais fazia todo os dias, o tempo é somente para os estudos e a ansiedade toma conta de todo seu corpo.
É de se concordar – abstratamente – com pais que, colocam seus filhos na escola cedo pensando em levar vantagens no futuro, pois quem se prepara cedo e tem estudo, conhecimento e a aprendizagem terão sim boas chances de uma carreira profissional muito antes do que ele poderia ter se tivesse entrado um tempo depois na escola. Mas de certa forma pressionar a criança limitando suas aventuras quando criança, não ajudara em nada na sua carreira de sucessos quando adulto, e sim só atrapalhara.
Alguns pais chegam a fazer chantagem com os filhos na condição de que se passar em determinado vestibular, ganhara um carro do ano, ira viajar para a Disney Word, ganhara o que quiser, basta passar no vestibular. Ou se não passar ficar sem casa por muito tempo sem ganhar dinheiro e sem poder fazer o que quiser. Eu sei porque conheço casos onde os pais dos meus amigos, que eles não deixavam sair para ficar estudando, certo que hoje ele faz concursos para banco e passa em todos, vestibular também. Mas em contra-partida ele tem uma auto-estima muito baixa, poucos amigos e tenho certeza que sofre com isto.
Hoje tenho filho e penso com certeza no futuro dele, só que não posso ter uma opinião para dizer se são errados pais colocarem seus filhos cedo na escola pressionando e projetando para eles ganharem dinheiro no futuro, ou se devem deixar meio a vontade pois cada um tem seu ponto de vista e meu conhecimento para aprofundar no tema dizendo o que ira causar, ou o que ira melhorar na vida de cada um, este conhecimento é muito pequeno.

3 comentários:

Tik|nhU disse...

Pior ainda são aqueles que pressionam os filhos para seguir uma carreira determinada por eles. É triste! COncordo contigo sobre a pressão no adolescente. Acredito que há momento para tudo. O jovem tem sim que se dedicar aos estudos, mas sem deixar de lado a vida social, que tbm é importante para a formação dele.

Jéssica Modinne disse...

Opior é quando naum passa no vestibular... Além da chateação dos outros, o adolescente tem que lidar com ele mesmo, psicologicamente falando, porque ainda tem aqueles que se pressionam sem ninguém pressioná-los.

www.hoppipollablog.blogspot.com

Floradas de amor disse...

Sorte de quem pode planejar e colocar hoje em dia um filho na escola, acho bonito a participação ativa na vida escolar de um filho e acredito que recompensas por méritos não façam mal, mas tudo mto ponderado, nada tentar mostrar que o que vale eh soh ganhar dinheiro, melhor eh ele escolher para seu futuro profissional o que lhe traga prazer.
=D


O pensamento é o ensaio da ação

Seguidores


Somente pela negação da vontade, pela castidade, a pobreza, o amor e o jejum, pode-se atingir a sabedoria.
Ocorreu um erro neste gadget